Paulo Miranda

Produtor Discográfico
Abre à(s) 10:00
Contactar-nos
Mensagem enviada. Voltaremos a entrar em contacto brevemente.
Imagem do cabeçalho do site

Atualizações

Publicado a 22-Mar-2019

Discografia

Paulo Miranda tem assinado a Produção, Gravação, Misturas ou Masterização de um grande número de edições discográficas.
Em CD, Vinil, Cassette ou noutros formatos, o número de artistas que trabalharam com Paulo Miranda é notável.
Conheça parte desses nomes e títulos neste link:

Learn more

BIO

Produtor discográfico galardoado e já referido como o guru da música alternativa em Portugal (in RTP) ou como produtor de culto do também regularmente referido como local de culto da produção musical alternativa, o AMP studio.

Técnico de som profissional desde 1979 e músico activo desde início da década de 80, participou em concertos no Rock Rendez-Vous ou na Aula Magna com bandas de referência do rock português dos anos 80, como os Croix-Sainte e a solo, em nome próprio, na sala do Teatro Ibérico, na Igreja da Madredeus em Lisboa. Durante esta época e até final da década de 90 desenvolveu actividade regular como compositor de música ambiente tendo o seu trabalho sido usado como "paisagem sonora" para diversas instalações e exposições de artistas plásticos e da área multimédia, como Victor Belém, Mateus Beleza ou Tiago Manuel, entre outros.

Depois de uma passagem pelos estúdios de Lisboa da Rádio Renascença, como primeiro operador de som da RFM, instalou-se em Viana do Castelo onde, até ao presente, tem conduzido a actividade e o destino do
AMPstudio destacando-se com diversas produções discográficas que proporcionaram a diferença aos artistas por elas marcados.

As áreas de produção musical de Paulo Miranda são diversas e abrangem, com sucesso, estilos como o Rock, Fado, Ligeira, Clássica, Experimental, Electrónica, Folclore (nacional e internacional) etc.

Assinadas por Paulo Miranda encontram-se produções tão diversas como «A Garagem da Vizinha» de Quim Barreiros (triplo de platina) ou o «Stabat Matter» de António Pinho Vargas pelo Coro e Orquestra Gulbenkian.
Produziu também dance-music galardoada com platina, como a dos «Infinite-e», ou discos que mereceram o destaque generalizado da crítica como «7HBT - Seven Heart Beat Tracks» dos d3ö, «Fuck Christmas, I Got The Blues» de «The Legendary Tiger Man», o álbum de estreia dos «The Poppers».
Conta ainda com diversos álbums listados nas listas de "Melhores Discos do Ano" para artistas como «The Unplayable Sofa Guitar», «Old Jerusalem», «Lobster», «Peixe:Avião», «The Glockenwise» ou «Nobody's Bizness», entre dezenas de outros.

Contactar-nos

Contacto

Ligar agora
  • 938 827 544

Endereço

Obter direções
Largo de São Domingos 46 R/C
4900-330 Viana do Castelo
Portugal

Horário de funcionamento

domingo:10:00 – 20:00
segunda:10:00 – 20:00
terça:10:00 – 20:00
quarta:10:00 – 20:00
quinta:10:00 – 20:00
sexta:10:00 – 20:00
sábado:10:00 – 20:00